ficha técnica - suporte@dqa.pt
psicodrama

O que é?

O Psicodrama é uma forma de Terapia Individual em Grupo que privilegia o corpo e a acção como meios de intervenção.
No grupo partilham-se emoções, sentimentos, dificuldades, receios e ansiedades, … permitindo ao indivíduo passar do verbal ao não-verbal, através da dramatização, e onde se treinam e ensaiam novos papeis, desenvolvem-se outros e permite fluir a espontaneidade.
Falar de Psicodrama temos que nos reportar a J. L. Moreno, para quem o actuar no contexto dramático é, por si só, terapêutico, possibilitando o desenvolvimento da espontaneidade e criatividade. Ser Espontâneo significa responder de forma diferente e adequada aos problemas. É no actuar terapêutico do contexto dramático que é possibilitado ao indivíduo o testar, ver e sentir novos comportamentos e encontrar formas mais espontâneas e criativas de funcionar.
As técnicas psicodramáticas potenciam, assim, a auto-construção e a capacidade de mudança através da acção e do jogo simbólico que, por vezes, é de difícil acesso por práticas mais tradicionais.
O psicodrama é um processo terapêutico com uma duração de seis meses a dois anos.


"Existem palavras sábias, mas a sabedoria não é suficiente, falta acção”
J. L. Moreno

“(...)
Um encontro de dois: olhos nos olhos, face a face.
E quando estiveres perto, arrancar-te-ei os olhos
e colocá-los-ei no lugar dos meus;
E arrancarei meus olhos
para colocá-los no lugar dos teus;
Então ver-te-ei com os meus olhos
E tu ver-me-ás com os meus.”

Traduzido de “Einladung zu einer Begegnunf”,
J L Moreno, publicado em Viena, 1914